Museu Fortabat, em Puerto Madero, Argentina – Modelo 3D

Museu Fortabat, em Puerto Madero, Argentina – Modelo 3D

Desde o final de 2008 está aberta, em Puerto Madero, a Colección Amalia Lacroze de Fortabat, museu com o melhor das artes plásticas argentinas, pintores europeus, precursores viajantes e objetos de valores incalculáveis. O espaço, criado pelo arquiteto Rafael Viñoli, foi idealizado e financiado pela proprietária das obras, a empresária e colecionadora argentina Amalia Lacroze de Fortabat, alcançando os mais altos padrões em museologia e curadoria da atualidade.

Esta é somente uma parte da coleção de Fortabat, que cuidou pessoalmente de todos os detalhes do espaço onde estão exibidas obras dos argentinos Antonio Berni, Fernando Fader, Pueyrredón e Xul Solar, além de Rodin, Klimt, Chagall, Picasso, Van Gogh, desennhos de Dali e objetos de coleção como esculturas egípcias, máscaras de múmias do período Ptolomeico e um mosaico bizantino. Mas as grandes estrelas são Juliet and her Nurse, do inglês Joseph Mallord William Turner (arrematado em Nova York por US$ 7 milhões) e um retrato de Amalitapintado em 1980 por Andy Warhol – outras duas versões deste retrato também estão sob seu poder.

A Empresária presidiu a gigante do concreto Loma Negra (vendida na metade desta década à brasileira Camargo Correa), declara-se amante da arte desde a juventude e há 30 anos dedica-se à sua coleção pessoal. Além de Wahrol, foi amiga de artistas como Antonio Berni, a quem afirma haver ajudado com questões logísticas durante a restauração das Galerías Pacífico. O vice-chairman da Sotheby’s também é seu amigo pessoal e estava presente na inauguração do museu, assim como Susan Seagal, presidente do Council of Americas. Dona de propriedades nas principais capitais do mundo, frequentou o jet set por muitos anos. Hoje, preserva o baixo perfil e dedica-se à sua fundação e à beneficência.

Em entrevistas, na época da inauguração, afirmou que viu-se obrigada a recusar vários projetos apresentados por Viñoli até chegarem à versão do edifício que abriga sua coleção no Dique 4 de Puerto Madero Este. Dos quatro andares que possui, dois são visíveis desde o exterior, e suas paredes envidraçadas são cobertas por uma estrutura de metal que se retrai à medida que a luz solar deixa de atingir o prédio. Em uma caminhada por Puerto Madero à noite, é possível ver todo o interior do museu e, de dentro das salas do primeiro e segundo pisos, apreciar as obras e também uma espetacular vista do bairro e do skyline do Microcentro. São 6800 metros de área construída entre salas de exibição, escritórios da Fundação Amalia Lacroze de Fortabat, loja, auditório e um restaurante. 




Não há comentários

Adicione o seu