Alistair Overeem, uma carreira já não tão impressionante como todos pensavam.

Alistair Overeem, carreira construída em cima de mentiras!?

[social_share/]

Alistair Overeem, carreira construída em cima de mentiras!?

Alistair Overeem tem uma carreira brilhante com números impressionantes, vitórias expressivas sobre grandes lutadores e títulos de torneios que são e foram cobiçados por muitos de seus adversários. Nas últimas semanas todos esses triunfos, títulos e a carreira impressionante vêm sendo questionada e colocada em cheque.

No último dia 29 de março Overrem foi pego por um exame surpresa realizado em todos os lutadores participantes da coletiva de imprensa deste dia. Entre todos os lutadores submetidos ao exame, Alistair foi o único que apresentou irregularidades no processo. Segundo os médicos, o lutador apresentou um nível de hormônio (testosterona) 14 vezes maior que o normal.

Após a divulgação do resultado o também lutador Mark Hunt disse: “Tudo o que Alistair já fez não tem mais valor. Eu não uso essas m… e ninguém deveria usar. Alistair foi pego e terá que lidar com isso, ele tem que se olhar no espelho”.

Desde seu início de carreira como lutador, Overeem vem sendo alvo de críticas e acusações pelo “suposto” uso de substâncias proibidas para ganho de massa muscular. Com 17 anos já apresentava um porte físico bastante avantajado para sua idade. Sempre que fora questionado, negou que utilizasse tais substâncias para melhorar seu condicionamento físico.

Com o passar dos anos Alistair construiu uma carreira que faz inveja a muitos lutadores, vitórias sobre alguns nomes importantes do esporte: Vitor Belfort, Sergei Kharitonov, Fabrício Werdum e sua vitória mais recente, conquistada sobre o americano Brock Lesnar, lutador que anunciou sua retirada do MMA logo depois do combate. Conquistou vários títulos e honrarias: Lutador Internacional do Ano de 2010 e 2011 – World MMA Awards, Campeão interino do DREAM Heavyweight Championship desde 2010, Campeão do K-1 World Grand Prix Heavyweight Championship em 2010, Campeão do Strikeforce Heavyweight Championship desde 2007 e é o Atual Campeão, Campeão do 2Hot 2Handle Light Heavyweight Championship em 2002 e 2004.

Após ter sido pego no exame antidoping, Overeem abriu uma “brecha” enorme para que todos aqueles que o acusavam ou desconfiavam de seu excepcional preparo físico começassem a questionar se suas vitórias, títulos e fantástica carreira foram conquistadas apenas com seu esforço, treinamento e dedicação.

Alistair Overeem

Pelos exames serem quase sempre marcados com antecedência, é possível “preparar” o corpo para que no dia do exame não apresente nenhuma anormalidade. Alistair foi convocado para um exame antidoping de última hora antes de sua luta com Brock Lesnar, o holandês alegou que tinha que viajar as pressas para a Holanda, pois sua mãe não estava muito bem de saúde. Seria esta uma das poucas ocasiões em que Alistair Overeem não estava preparado para apresentar um resultado normal nos exames? Poderia ter sido flagrado já neste exame?

O fato é que todos buscam o sucesso, seja em que profissão for ele quase sempre chega, para alguns mais cedo e para outros um pouco mais tarde. Nem todos tem a paciência de esperar, trabalhar e se dedicar todos os dias para que realmente seja merecedor deste sucesso. Esta falta de paciência, ambição, obrigação de ser o melhor, de ser mais reconhecido faz com que muitos optem pelo caminho mais “fácil”, entrando no mundo das substâncias proibidas.

Sinceramente acho que uma pessoa que possivelmente fez uso destas substâncias durante toda sua carreira não irá mudar ou demonstrar arrependimento depois de tanto tempo, pois desde o momento que optou por encurtar o caminho até o sucesso, também optou por uma vida de mentiras, enganando não só as pessoas, seus fãs, seus admiradores, mas principalmente, optou por enganar a si mesmo.

Alistair Overeem está no melhor momento de sua carreira, mas terá que aprender a conviver com a desconfiança das pessoas a respeito de suas vitórias e suas conquistas.

Gostaria de saber a sua opinião sobre o assunto, se quiser compartilhar seu ponto de vista ou deseja fazer alguma observação basta deixar um comentário logo abaixo.

Até a próxima.

[social_share/]

 




 

20 comentários

Adicione o seu
  1. Júnior

    Sinceramente não acho que o episódio vá manchar a carreira dele, pois ele já convivia com isso mesmo, só que a galera já não gostava do cara porque ele era a uns anos atrás magricelas, mas esquecem que esse magricela venceu vários lutadores de nome, Belfort que o diga. Alistair quebrava muito peso para lutar no middleweight, dai vinha à fama de começar contudo e depois acabar perdendo o gás, então resolveu subir de peso em definitivo, ai vem às especulações de que o cara cresceu demais, absurdamente e tudo mais, galera. O camp desse cara é de alto nível bem como seus treinos, pois ele treina parte muscular com fisiculturistas e com certeza toma muita coisa para a construção do seu corpo, coisa que nós aqui lisos nem sabemos o que é e ai vem um bando de abestados falar merda, porque se esse cara ai fosse brasileiro estavam pendurados no saco dele. Engraçado, o Antony Johnson ninguém lembra, vem do welterweight e está no meio pesado, pois não consegue controlar seu peso, outra: suas glorias ninguém tira, pois o cara é cabuloso (bomba não faz milagre), o Cigano estava com medo de enfrentá-lo, e ele que não se cuide com a merda do Mir como dizem que nocauteou e finalizou o Minota.

  2. João Henrique

    Acho que o UFC (no Brasil) está sem/perdendo a graça por alguns motivos, primeiro por deixar seus lutadores optarem pelo jeito estupido de promover lutas, ofendendo a nacionalidade de um lutador, ofendendo a família dentre outras coisas. Segundo, fazer corpo mole para atletas que usam anabolizantes quando estes representam um grande negócio para o evento, como o Sonnen e o Overeem, Terceiro, fechar negócio com a globo e colocar como locutor o Galvão Bueno, que de MMA entende a mesma coisa que uma bichinha de salão de beleza…

  3. Otávio Ribeiro

    O pior de tudo é que daqui uns 6 meses ele volta a lutar como se não tivesse acontecido nada, assim como o Sonnen. Com o nível de testosterona nessa altura o cara pode ficar 1 ano sem tomar nada que quando voltar vai estar cheio de bomba no seu organismo ainda.


Postar um novo comentário