Após incrível nocaute, Belfort pede revanche contra Jon Jones

Após incrível nocaute, Belfort pede revanche contra Jon Jones

Se Vitor Belfort tem alguém na alça de mira para o futuro de sua caminhada no Ultimate, esse alguém atende pelo nome de Jon Jones. Após dar show e nocautear Michael Bisping na principal luta do UFC São Paulo, o carioca deixou explícita sua vontade de ter nova chance contra Jon Jones, atual campeão dos meio-pesados.

“Eu gosto de desafios, é importante o homem não ter medo de desafios. Diziam que era uma luta quase ganha para ele. Eu me preparei em duas semanas, de mão quebrada, e lutei bem, fiz uma luta dura. Acho que vocês merecem essa revanche”, disse Belfort, durante a coletiva de imprensa pós-luta na madrugada deste domingo (20).

“Sempre topei desafios. Não sou promotor, mas posso desafiar, fazer lutar. Não faz sentido aquele palhaço (Chael Sonnen) lutar com o Jones. Fazer o TUF até vai, mas lutar, depois daquele nocaute contra o Anderson, não faz sentido. Deixa eu lutar. Já fiz minha história, quero desafios. Quero lutar contra alguém que tenha história, não se pode conquistar luta na garganta. Quero lutar contra campeões. Sempre fui contra essa promoção, essa venda de lutas, sempre lutei contra isso, então não tem porque acontecer isso hoje no UFC. Lutar novamente com Jon Jones é um desejo que tenho”, completou.

Embora o desejo de Vitor Belfort pareça não ter fim, ele revela que só vai pensar nisso depois de gozar merecidas férias: “Vamos sentar e conversar para ver quem será o próximo desafio. Prometi férias para minha esposa e meus filhos. Eu vou resolver isso com minha equipe e a organização do UFC”.

Jon Jones e Vitor Belfort mediram forças na principal luta do UFC 152, em setembro do ano passado, com o campeão levando a melhor por finalização na quarta etapa. Porém, ainda no primeiro round, o brasileiro ficou muito perto de finalizar Jones com um arm-lock.

A vontade de Vitor é tão grande por nova chance, que ele aceita até uma luta não-título contra Jon Jones. “Não precisa ser pelo cinturão, pode ser sem valer título. É só um desejo que tenho”.

Via




Não há comentários

Adicione o seu