UFC 149: Faber vs Barao, mais um cinturão nas mãos de um Brasileiro

UFC 149: Faber vs Barao, mais um cinturão nas mãos de um Brasileiro

[social_share/]

UFC 149: Faber vs Barao, mais um cinturão nas mãos de um Brasileiro

O card principal do UFC 149 tinha tudo para ser emocionante, mas não foi. Cheick Kongo e Shawn Jordan passaram o combate inteiro abraçados. Hector Lombard parecia que não tinha entrado no octógono por conta própria, pois ficou a luta inteira plantado, simplesmente não se movimentava (e ainda teve a cara de pau de dizer em entrevistas que seria o cara que derrotaria Anderson Silva). Tim Boetsch estragou os planos da nova “estrela” do UFC, pois ao final da luta foi declarado vencedor.

Apesar das vaias, a luta entre Renan Barão e Urijah Faber foi muito boa. O brasileiro se apresentou de forma arrasadora, não deu a mínima chance para o americano. Ao final do combate Dana White entregou o cinturão (interino) ao mais novo campeão do UFC.

“Eu estava preparado para tudo. Ele é um grande atleta, um cara duro. Não me surpreendi, porque sabia que ele tinha golpes fortes, mas eu vim bem treinado”, disse o novo campeão do UFC, que agora enfrenta o campeão definitivo, Dominick Cruz. “Desculpe-me se eu não pude agradar a todos”.

Derrotado, Faber elogiou seu algoz. “Eu sabia que ele era muito bom de manter a distância, e foi difícil entrar. Eu sabia que seria difícil. Logo no início ele me deu um chute forte na costela e eu acho que eu quebrei a costela, não sei”, revela, dizendo que os chutes de José Aldo foram mais duros que o de Barão.

Veja o combate principal entre Faber vs Barao no vídeo abaixo (enquanto estiver no ar):

Parte dois UFC 149: Faber vs Barao  

Reveja também o Countdown UFC 149: Faber vs Barao no vídeo abaixo:

Resultados oficiais do UFC 149: Faber vs Barao: 

Calgary, Alberta, Canadá

Sábado, 21 de julho de 2012

Card principal:

- Renan Barão derrotou Urijah Faber na decisão unânime dos juízes;

- Tim Boetsch derrotou Hector Lombard na decisão dividida dos juízes;

- Cheick Kongo derrotou Shawn Jordan na decisão unânime dos juízes;

- James Head derrotou Brian Ebersole na decisão dividida dos juízes;

- Matt Riddle finalizou Chris Clements com um katagatame a 2min02s do 3R;

Card preliminar:

- Nick Ring derrotou Court McGee na decisão unânime dos juízes;

- Francisco Rivera nocauteou Roland Delorme a 4min19s do 1R;

- Ryan Jimmo nocauteou Anthony Perosh a 7s do 1R;

- Bryan Caraway finalizou Mitch Gagnon com um mata-leão a 1min36s do 3R;

- Antonio Carvalho nocauteou Daniel Pineda a 1min11s do 1R;

- Anton Kuivanen derrotou Mitch Clarke na decisão dividida dos juízes.

[social_share/]




Não há comentários

Adicione o seu