UFC on FOX Diaz vs Miller

UFC on FOX Diaz vs Miller

[social_share/]

UFC on FOX Diaz vs Miller

Via TATAME

O UFC on FOX 3 ficou longe de ser uma das edições mais badaladas da organização. Entretanto, o show, realizado neste sábado, em New Jersey, nos Estados Unidos, contou com lutas emocionantes. O main evento foi uma delas. Nate Diaz e Jim Miller travaram uma batalha aberta, com trocação franca, provocações e que culminou com a vitória do pupilo de César Gracie que impôs a primeira derrota por finalização da carreira de Miller.

Apesar dos bons duelos, a noite não foi especialmente agradável para os brasileiros. Isto porque, Rousimar “Toquinho” Palhares não passou do primeiro round com Alan Belcher, perdendo por nocaute técnico. O atleta canarinho John Lineker, que atuou no card preliminar, também não foi feliz em sua estreia, ainda que não tenha se intimidado com a grandeza do evento. O “Mão de Pedra” fazia bom duelo com Louis Gaudinot, porém, “apagou” ao sofrer com a guilhotina do americano, na segunda parcial.

Confira a pesagem do evento no vídeo abaixo:

Com maestria, Nate Diaz finaliza Miller com guilhotina

Nate Diaz e Jim Miller justificaram o status de luta principal do UFC on FOX 3. O irmão de Nick Diaz, com a marca registrada da família, mostrou talento e marra e venceu o adversário com autoridade, ao finalizá-lo com uma guilhotina, no segundo round. Na primeira parcial, Diaz, dono de um estilo agressivo, fez luta aberta com Miller e chegou a derrubá-lo com um certeiro direto de esquerda. No round posterior, Nate chamou o adversário para o combate, batendo em seu próprio rosto. Miller respondeu com uma joelhada voadora, “caindo na pilha” do rival.

Atleta de César Gracie, Diaz impôs seu Jiu-Jitsu afiado faltando menos de um minuto para o fim do assalto. Após investida de Miller, o peso leve encaixou linda guilhotina, sobrando ao adversário dar os três tapinhas. Pela primeira vez na carreira, Jim Miller perdeu por finalização, já Nate Diaz chegou a marca de três triunfos seguidos.

Em luta apertada, Hendricks supera Koscheck por pontos

Johny Hendricks e Josh Koscheck fizeram uma luta daquelas difíceis de se julgar, tamanho o equilíbrio do combate, decidido a favor de Hendricks, por decisão dividida. No primeiro round, “Kos” foi superior por ser mais incisivo e conectar golpes mais efetivos. Na etapa seguinte, a história se inverteu e Hendricks levou vantagem, embora tenha encontrado dificuldade para levar o oponente ao chão. Na parcial derradeira, Hendricks, mesmo terminando o combate por baixo do adversário e sendo castigado, mostrou mais ímpeto e foi premiado com a vitória, sua quarta consecutiva.

“Ele é difícil. Dei tudo o que tinha. Tiro o chapéu para o Koscheck, um lutador e tanto. Sabia que ele tinha a mão pesada. Eu quero levar o cinturão para casa, para o Texas”, declarou Hendricks.

Belcher bloqueia investidas de Toquinho e vence por TKO

O começo do duelo foi do jeito que Rousimar “Toquinho” Palhares queria. Ele conseguiu ir para as pernas de Alan Belcher e ambos ficaram embolados no chão. Nitidamente preparado para o jogo do brasileiro, o americano se defendeu muito bem de suas tentativas de finalização. Na guarda do atleta da BTT, Belcher encaixou bons socos e cotoveladas até alcançar o nocaute técnico, restando menos de um minuto para o fim do assalto. Sem apresentar boa defesa, Toquinho, que atravessava boa fase, amargou a derrota depois de três vitórias seguidas.

“Agora tem que perguntar ao Toquinho quem é melhor no chão. Treinei muito, tenho feito isso direto. Não estava com medo de nada, queria provar que poderia vencer qualquer um no chão ou em pé. Vou para o título, vou para o cinturão. Agradeço a Deus, a minha família por me apoiar em um desafio como esse. Provei para mim mesmo e para todos do que sou capaz”, disse Belcher, que engatou o quarto resultado positivo.

Lavar Johnson se recupera e arrasa Pat Barry

O embate começou com os dois pesos pesados trocando golpes contundentes. Em dado momento, Pat Barry levou Lavar Johnson para o solo e, por pouco, não finalizou o adversário ao encaixar a americana. Depois de muito custo, Johnson conseguiu se levantar e imprensou Barry contra a grade. Com sequência de inúmeros socos, uppercuts e algumas joelhadas, no fim do primeiro round, Johnson conseguiu derrotar o adversário por nocaute técnico.

John Lineker tem começo empolgante, mas estreia com derrota

Disposto a apagar a má impressão deixada na pesagem, quando se apresentou acima do limite de sua categoria, John Lineker entrou a mil por hora no octógono. Embora não tenha conseguido vencer Louis Gaudinot, o brasileiro mostrou poderio ofensivo e um Boxe afiado. Nos primeiros minutos do round inicial, Lineker e Gaudinot foram para a trocação franca e andaram apenas para a frente. O “Mão de Pedra” estava ligeiramente superior, no entanto, a menos de um minuto do fim do assalto, o americano, que atuava em sua cidade, obteve a queda e castigou no ground and pound, levando a vantagem para seu lado.

Na segunda parcial, o ritmo caiu um pouco, mas ambos continuaram dando um show no octógono. Assim como na etapa inicial, Gaudinot levou o brasileiro para o solo, contudo, quando este se levantava, o anfitrião encaixou a guilhotina. No chão, faltando menos de dez segundos soar o gongo do segundo round, Lineker não resistiu e apagou, consolidando a vitória de Gaudinot.

“Esse cara é um grande guerreiro. Ele é chamado de Mão de Pedra com toda a razão, mas também deveria ser chamado de ‘Queixo de Pedra’, pois minhas mãos estão doendo. Os fãs adoram isso (trocação). Essa finalização tenho que agradecer aos meus treinadores e parceiros. Senti que tinha entrado a guilhotina. Foi demais!”, disse Gaudinot, dono de uma vasta cabeleira verde.

[box_light]

CARD COMPLETO:

UFC on FOX 3

Nova Jérsei, Estados Unidos

Sábado, 5 de maio de 2012

- Nate Diaz finalizou Jim Miller com uma guilhotina no 2R;

- Johny Hendricks derrotou Josh Koscheck por decisão dividida dos jurados;

- Alan Belcher derrotou Rousimar Toquinho por nocaute técnico no 1R;

- Lavar Johnson derrotou Pat Barry por nocaute técnico no 1R;

- Michael Johnson derrotou Tony Ferguson por decisão unânime dos jurados;

- John Dodson derrotou Tim Elliott por decisão unânime dos jurados;

- John Hathaway derrotou Pascal Krauss por decisão unânime dos jurados;

- Louis Gaudinot finalizou John Lineker com uma guilhotina no 2R;

- Danny Castillo derrotou John Cholish por decisão unânime dos jurados;

- Dennis Bermudez derrotou Pablo Garza por decisão unânime dos jurados;

- Roland Delorme finalizou Nick Denis com um mata-leão no 1R;

- Karlos Vemola finalizou Mike Massenzio com um mata-leão no 2R;

[/box_light][social_share/]

 




Não há comentários

Adicione o seu