Melhorar a função de memória e concentração através da nutrição

Melhorar a função de memória e concentração através da nutrição

O Cérebro! Está aí um dos órgãos mais complexos do nosso corpo. Uma memória rápida aponta para uma boa situação do sistema nervoso. Quando a memória costuma falhar, significa que não estamos em boas condições gerais de saúde. A memória é diretamente afetada por excessos, tanto de álcool, quando de drogas, remédios, exagero alimentar, principalmente quando há um alto consumo de gordura saturada, sal refinado, açúcar branco e seus derivados; e também por hábitos de vida noturnos, grandes preocupações, tensão nervosa, falta de atividade física, abusos sexuais, entre outros fatores. O que muita gente não sabe é que alguns nutrientes encontrados em certos alimentos ajudam e muito na melhora da memória, evitando também o Mal de Alzheimer (doença degenerativa que causa a perda de habilidades cerebrais).

Melhorar a função de memória e concentração através da nutriçãoUm dos nutrientes mais conhecidos que ajuda nessa função é o ômega 3, encontrado em alguns peixes como salmão, cavala, atum, arenque e sardinha, a linhaça, o azeite de oliva e as oleaginosas (castanha, amêndoa e nozes) também são boas fontes de ômega 3.

Os neurônios são muito vulneráveis à oxidação por radicais livres. Os antioxidantes, encontrados em abundância nas hortaliças, frutas e verduras, neutralizam esses radicais livres, protegendo assim o cérebro. Alguns alimentos são mais indicados como o kiwi, a cebola, a uva, a maçã e o espinafre, pois possuem uma substância chamada fisetina que reduz o risco de desenvolver o mal de Alzheimer, entre outras vitaminas do complexo B.

Os ovos também são cruciais nesse processo. Engana-se quem acha que ele é um vilão. Muito pelo contrário, ele é o alimento mais completo da natureza. Ele contém colina, uma substância que participa na formação dos neurônios, repara as células cerebrais e ajuda na capacidade de armazenar informações. Produzem neurotransmissores fundamentais para uma boa memória e um melhor aprendizado, além de ser fonte de vitaminas do complexo B. Mas atenção: ovo frito no óleo não vale ok? Pode ser feito na forma de poche (frito em água), cozido, mexido ou frito em óleo de coco, pois é o único óleo que não satura ao contato com o fogo. Assim, não há risco no aumento de colesterol.

Entre os outros alimentos, alguns se destacam importantes também, como o feijão, as fibras (aveia, cereais integrais, etc.), as frutas vermelhas, ginseng, ginkgo biloba, levedo de cerveja, brócolis e chlorella.

Quanto mais cedo adotar uma dieta rica com esses alimentos, mais protegido seu cérebro ficará ao longo da vida.




Não há comentários

Adicione o seu