O poder da nutrição no combate do envelhecimento

O poder da nutrição no combate ao envelhecimento

Envelhecer é um processo natural da vida que temos que aceitar, afinal, para vivermos mais precisamos envelhecer, certo? A pele envelhecida se caracteriza por ser fina, sem elasticidade, apresenta rugas finas e aprofundamento das linhas de expressão. Mas não é só o tempo que nos torna com a aparência mais envelhecida, a genética, o fumo, a alimentação inadequada, a falta de exercícios, etc, são características cruciais nesse processo. Determina-se que é a partir dos 30 anos que o envelhecimento começa a se manifestar e de duas formas: o envelhecimento intrínseco ou cronológico e o extrínseco ou fotoenvelhecimento. Radiação ultravioleta, radicais livres, temperatura, poluição e cor da pele contribuem para que isso ocorra.

E quem não quer ficar mais jovem? Não é a toa que os estudos sobre rejuvenescimento cutâneo estão entre as primeiras linhas de pesquisa. Devido também ao aumento da expectativa de vida, as pessoas buscam cada vez mais métodos alternativos para manter a pele mais jovem por mais tempo, retardando ao máximo as marcas do envelhecimento.

Mas apenas usar produtos anti-envelhecimento não basta. A alimentação é crucial nesse processo.

O excesso de açúcar no organismo favorece um processo chamado glicação. Esse processo gera uma aderência a uma molécula de proteína (colágeno, elastina), tornando essa molécula de proteína mais dura, mais inflexível e incapaz de reparar danos que são comuns no envelhecimento, levando ao aparecimento de rugas. Não digo só o açúcar simples em si, mas pelo consumo de alimentos que se transformam em açúcar dentro do organismo.

O orégano, o alho, o gengibre, a canela e a pimenta diminuem a ação do açúcar sobre o colágeno, por isso é fundamental ingerir esses alimentos diariamente.

Os antioxidantes, como já citados em postagens anteriores, também são cruciais nesse processo, pois eles combatem aos radicais livres. Encontrados em frutas, legumes, oleaginosas (castanhas, nozes, etc) e óleos vegetais.

O selênio também protege as células dos radicais livres, evita a flacidez e o envelhecimento da pele causado pelo sol.

A catequina é uma substância muito importante, pois ela inibe os danos causados no DNA pelos radicais livres e também combate a inflamação da pele causada pelos raios UV. Encontrada principalmente na cevada, azeitona, pera e cacau.

A vitamina C está associada a uma menor presença de rugas. Sua baixa ingestão tem como consequência desidratar e atrofiar a pele.

E claro, o colágeno! Que é a substância fundamental para promover o rejuvenescimento, pois quanto mais presente ele estiver na pele, mais firme ela ficará. E ele se encontra nos alimentos como carne vermelha magra, aves e peixes.

Um nutricionista saberá unir e agrupar corretamente os alimentos em cada refeição para uma melhor resposta ao anti-envelhecimento, pois não basta apenas ingerir esses alimentos, tem que ter a harmonia entre eles! E mais do que essencial… Beber muita água e praticar atividade física!




Não há comentários

Adicione o seu