Diretor da Google no Brasil tem habeas corpus negado

Diretor da Google no Brasil tem habeas corpus negado

O diretor geral do Google no Brasil, Edmundo Luiz Pinto Balthazar, teve o seu pedido de habeas corpus negado pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral. A decisão foi tomada na última quinta-feira, dia 21 de março.

A ministra Nancy Andrighi, relatora do pedido, manteve a afirmação de que o executivo desrespeitou uma ordem de remoção determinada pela justiça. Segundo ela, “Essa conduta reveste-se de considerável gravidade, pois demonstra o dolo do paciente, o representante da empresa, de permanecer indiferente a comando exarado pelo Poder Judiciário, o que configura, em tese, crime de desobediência eleitoral tipificado no artigo 347 do Código Eleitoral”.

Via




Não há comentários

Adicione o seu