10 Fatos Sobre A Religião Islâmica

10 Fatos sobre a Religião Islâmica

O islamismo já há vários anos vem sendo destaque na mídia, principalmente por questões relacionadas aos extremistas. Mas o foco aqui não será esse, abaixo estarão listados dez fatos interessantes a respeito do islamismo.

10. Cinco pilares do islã

Há cinco pilares na prática no islã. Estas práticas devem ser realizadas com a melhor das intenções, e com todos os esforços, a fim de ser considerado um verdadeiro muçulmano:

Leia Também:

Quais São os 10 Mandamentos do Islã?

Métodos de Sacrifício Humano

Celebridades que Já Tentaram Suicídio

10 Atores que Morreram Cedo Demais

Crianças Durante a Guerra

1 - Shahada – declaração de fé na unicidade de Deus e que Muhammad é o último profeta de Deus.

2 - Oração cinco vezes por dia.

3 - Jejum durante o dia no mês do Ramadã.

4 - Zakat (“imposto”) – 2,5% dos bens acumulados devem ser destinados para os necessitados no final de cada ano.

5 - Peregrinação a Meca pelo menos uma vez, se física e financeiramente capazes.


9. Passos de fé no islã

Passos de fé no islã

Passos de fé no islã

Estas são as crenças básicas que se deve ter para ser considerado um verdadeiro muçulmano:

1 - O Deus Único.

2 - Crer em todos os profetas de Deus.

3 - Nas escrituras originais reveladas aos profetas Moisés, Davi, Jesus e Maomé.

4 - Nos anjos.

5 - No Dia do Juízo e na vida após a morte.

6 - No decreto divino (ou destino).


8. Uma das religiões que mais cresce no mundo

O islã é uma das religiões que mais cresce no mundo. Para se tornar muçulmano, uma pessoa de qualquer raça ou cultura deve fazer uma simples declaração, a shahada, que atesta a crença no Deus Único e que o Profeta Muhammad foi o último profeta de Deus.


7. Significado de Allah

Significado de Allah

Significado de Allah

“Allah” é uma palavra árabe que significa “Deus”. Os muçulmanos também acreditam que Allah é o nome pessoal de Deus.


6. O conceito islâmico de Deus

O conceito islâmico de Deus é que ele é amoroso, misericordioso, e compassivo. Mas o islã também ensina que ele é justo e rápido no castigo. No entanto, Allah disse certa vez ao Profeta Muhammad, “Minha misericórdia prevalece sobre a minha ira.” O islã ensina um equilíbrio entre o medo e a esperança, protegendo tanto os complacentes como os desesperados.


5. Nomes de Deus

Nomes de Deus

Nomes de Deus

Os muçulmanos acreditam que Deus revelou noventa e nove de seus nomes (ou atributos) no Alcorão. É por meio desses nomes que se pode vir a conhecer o Criador. Alguns desses nomes são: o Todo-Misericordioso, o Todo-Conhecedor, o Protetor, o Provedor, o Próximo, o Primeiro, o Último, o Oculto, e a Fonte de Paz.


4. Profetas do passado

Os muçulmanos acreditam e reconhecem todos os profetas do passado, desde Adão até Jesus. Os muçulmanos acreditam que eles trouxeram a mensagem de paz e submissão (islã) para diferentes povos em diferentes épocas. Os muçulmanos também acreditam que estes profetas eram “muçulmanos” porque eles se apresentaram de livre e espontânea vontade a Deus.


3. Os muçulmanos não rezam pelo profeta Muhammad

Os muçulmanos não rezam pelo profeta Muhammad

Os muçulmanos não rezam pelo profeta Muhammad

Os muçulmanos não adoram o profeta Muhammad, tão pouco oram por ele. Os muçulmanos adoram apenas o Criador invisível e onisciente, Allah.


2. O livro dos muçulmanos

Os muçulmanos aceitam como verdade a Torá original inalterada (o Evangelho de Moisés) e a Bíblia original (o Evangelho de Jesus), pois foram reveladas por Deus. No entanto, nenhuma destas escrituras originais existe hoje, na sua totalidade. Portanto, os muçulmanos seguem a revelação posterior, final, e preservadas de Deus, o Alcorão.


1. O Alcorão e as escrituras

O Alcorão e as escrituras

O Alcorão e as escrituras

O Alcorão não é de autoria de Muhammad. Foi escrito por Deus, revelado a Maomé, e escrito em forma física por seus companheiros.




Não há comentários

Adicione o seu