Série TOP 10 #7 – Maratonas insanas

Maratonas insanas – Série TOP 10 #7

Por definição, maratona é um evento de corrida de longa distância cotado oficialmente em quarenta e dois quilômetros de comprimento. A maratona teve origem na Grécia antiga, quando um mensageiro chamado Pheidippides, supostamente correu por quilômetros e quilômetros, de um campo de batalha perto da cidade de Maratona até Atenas, para anunciar a derrota dos persas na Guerra Greco-Persa.

A distância percorrida pelo mensageiro é por muitas vezes questionada, contudo a ideia de correr longos trajetos sem parar surgiu a partir deste evento histórico. A maratona não fazia parte dos antigos Jogos Olímpicos (776 a.C a 393 d.C), a primeira corrida de longa distância disputada dentro de uma Olimpíada aconteceu somente em 10 de abril de 1896, e foi vencida por Spiridon Louis. A maratona foi disputada sem distância padrão até o ano de 1924, quando foi oficialmente anunciado o comprimento oficial, quarenta e dois quilômetros. A primeira maratona olímpica feminina foi realizada em 1984, e foi vencida por Joan Benoit.

Além das maratonas olímpicas, cerca de quinhentas maratonas são realizadas a cada ano em todo o mundo. Muitos destes eventos pertencem à Associação Internacional de Maratonas e Corridas de Longa Distância (AIMS). A associação distribui cerca de quinhentos mil dólares para os vencedores das maratonas todos os anos. As maiores e mais tradicionais são as maratonas de Boston, Nova York, Chicago e Estocolmo.

Abaixo segue uma lista contendo as dez maratonas mais extremas e insanas do calendário anual:

10. Maratona dos Cinco Grandes

Maratona dos Cinco Grandes

Na Maratona dos Cinco Grandes você terá a oportunidade de chegar bem perto dos animais mais famosos da África, incluindo: elefantes, zebras, leopardos, búfalos e leões. O nome da maratona vem justamente deste contato dos participantes com os animais. Os corredores são enviados para Waterberg, África do Sul, onde percorrem um difícil trajeto ao longo dos cerrados. Os atletas se aventuram em meio a um habitat bastante conhecido pelos leões, porém ninguém nunca foi ferido, pois durante a corrida há helicópteros e guardas armados vigiando o percurso inteiro. A maratona ocorre no inverno, mas o sol nas savanas africanas nesta época ainda é suficiente para manter os participantes bem aquecidos.

9. Baikal Ice Marathon

Baikal Ice Marathon

No outro extremo do termômetro está a Baikal Ice Marathon, realizada na Sibéria. Este é outro evento onde a temperatura desempenha um papel bastante importante, seja no sucesso ou no fracasso dos atletas. Os corredores percorrem todo o trajeto em condições totalmente desfavoráveis, com as temperaturas podendo chegar a trinta e nove graus negativos. A corrida acontece em Omsk, na Rússia, em estradas bastante tranquilas e livres de trânsito. Elas são planas, o que torna a corrida um pouco mais fácil. Apesar do trajeto ser considerado fácil e a maratona possuir apenas a metade da distância de uma maratona normal, em 2001, cento e trinta e quatro corredores estavam previstos para fazer o caminho através de Omsk, mas no final apenas onze conseguiram cruzar a linha de chegada.

8. Midnight Sun Marathon

Midnight Sun Marathon

Fundada em 1989, a Midnight Sun Marathon tem sido considerada, nas últimas duas décadas, uma maratona extremamente difícil para um corredor de nível médio. Hoje em dia, cerca de cinquenta países estão representados na competição a cada ano. É realizada em Tromso, Noruega, anualmente, geralmente no mês de junho. Os participantes tem a chance de correr pela Ponte Tromso, que fica a cerca de quarenta e quatro metros acima do nível do mar, e depois retornam para a parte central da cidade. O mais emocionante desta maratona é o fato de que ela ocorre durante o sol da meia-noite. O sol da meia-noite é um fenômeno natural que ocorre apenas nos meses de verão perto do Círculo Polar Ártico. À meia-noite, os corredores são capazes de ver o sol graças ao céu limpo e claro. O sol pode ser visto durante todo o período de vinte e quatro horas do dia. A maratona é dividida em categorias, há meias maratonas, mini maratonas, e até mesmo uma maratona que é voltada especificamente para os jovens corredores.

7. Maratona do Everest

Maratona do Everest

A Maratona do Everest é disputada por poucos atletas devido ao seu grau elevado de dificuldade. Considerada a maratona mais alta do mundo, começa em 5227m de altitude e termina em 3444m, em Namche Bazaar, uma aldeia no nordeste do Nepal. A Maratona do Everest foi idealizada por Tony Hunt e Jan Turner, que fizeram uma caminhada até a montanha por doze horas, sem qualquer tipo de ajuda em 1985. A corrida completa foi realizada pela primeira vez em 1987. Durante o percurso os corredores têm que enfrentar as mudanças repentinas e rigorosas do clima, sem falar em graves problemas causados pela altitude. Ao longo do trajeto os atletas passam por pontes suspensas, vários monumentos e até mesmo velhos mosteiros. Em 2010, os três primeiros colocaram eram todos do Nepal, sendo que o tempo mais rápido concluiu a prova em 3h: 41min: 20s.

6. Badwater Ultramarathon Kiehl

Badwater Ultramarathon Kiehl

Kiehl, empresa conhecida por seus cosméticos, produtos farmacêuticos, produtos fitoterápicos e muitas outras coisas, promove uma maratona anual que pode ser considerada uma das mais difíceis do mundo. A competição tem um percurso total de duzentos e cinquenta quilômetros, começa em Badwater, Califórnia, a duzentos e oitenta metros abaixo do nível do mar, e termina no Monte Whitney, também na Califórnia, a oito mil trezentos e sessenta metros acima do nível do mar. A maratona começa no nível de elevação mais baixo do Hemisfério Ocidental, e abrange três cadeias de montanhas diferentes. A ultramaratona acontece desde 1999. Ao longo do trajeto os maratonistas passam por muitos lugares diferentes, incluindo Mushroom Rock, Creek Sal, Wells Stovepipe, e o Vale da Morte. Pelo fato do percurso ser extremamente difícil, nunca houve uma taxa de conclusão de 100%, embora não seja raro chegar a 90% o total de participantes que completam a prova.

5. A Maratona Des Sables

A Maratona Des Sables

A maratona ideal seria realizada em um dia em que o clima não estivesse muito quente, mas também não muito frio, no entanto, na Maratona Des Sables, o calor é definitivamente parte do desafio, e os corredores devem competir em dias onde as temperaturas beiram os cento e vinte graus Celsius. Por causa das condições e da duração da maratona, ela é considerada a competição mais dura da terra. Realizada desde 1986, o trajeto abrange todo o deserto marroquino. O local tem causado, ao longo das edições, diversos “estragos” nos corredores, alguns participantes se perderam em tempestades de areia, enquanto dois acabaram morrendo. Traduzida como Maratona das Areias, esta maratona literalmente acontece em um deserto. Nesta competição, o corredor sente como se estivesse disputando seis maratonas juntas, com uma duração total de seis dias, e ao final do trajeto, os corredores terão viajado por nada menos que cento e vinte quilômetros. Como se o calor e a distância não fossem o suficiente, os participantes devem levar todos os seus alimentos e pertences com eles durante todo o percurso.

4. Maratona o Grande Tibetano

Maratona o Grande Tibetano

A Maratona o Grande Tibetano é realizada todos os anos no norte da Índia, no planalto tibetano, onde os corredores são capazes de apreciar a vista em torno das montanhas do Himalaia. Esta maratona é especialmente diferente porque acontece em um ambiente budista, e em uma altitude de três mil e quinhentos metros. Devido à alta altitude, os corredores precisam aprender a lidar com baixos níveis de oxigênio, o que torna a corrida ainda mais difícil de ser executada. Os participantes são obrigados a passar um determinado período de tempo nesta altitude (3.500m), para permitir que o corpo se acostume com as difíceis condições que serão enfrentadas durante todo o percurso. Também um dia antes da competição, uma corrida de três quilômetros é realizada, de modo a fazer com que os corredores possam ter uma noção da mudança de altitude. Qualquer atleta pode participar, até mesmo a menos preparados, pois a organização oferece também uma meia maratona de dez quilômetros, além da maratona principal.

3. Maratona do Círculo Polar

Maratona do Círculo Polar

A Maratona do Círculo Polar é outra daquelas competições onde o frio predomina. Na maioria das edições, os corredores têm que fazer a sua caminhada em meio a temperaturas de dez graus negativos. A corrida é realizada na Groenlândia todos os anos, em outubro. Os corredores têm a opção de correr uma meia maratona ou realizar todo o trajeto, mas não importa qual opção o competidor escolha, este definitivamente não é um desafio fácil. Aqueles que optarem por fazer a corrida completa devem terminar o percurso no prazo de sete horas, e aqueles que decidirem disputar “apenas” a metade devem terminar em no máximo quatro horas. Nesta maratona os desafios vão muito além das baixas temperaturas, o terreno é extremamente difícil de percorrer, composto por tundras, geleiras, e, claro, lagos congelados que tornam o percurso ainda mais desafiador.

2. Ultramaratona do Mar Morto

Ultramaratona do Mar Morto

A maratona acontece todos os anos na primeira segunda ou sexta-feira de abril, o início da competição acontece em Amã e sua chegada é realizada no Mar Morto. Durante a corrida, os participantes desfrutam de uma experiência única, partido de uma altitude de mil e trezentos metros, descendo para novecentos metros, ainda acima do nível do mar, até chagar aos impressionantes quatrocentos metros abaixo do nível do mar. Ao contrário da maioria das maratonas apresentadas nesta lista, os atletas que se escrevem nesta competição buscam algo muito nobre, arrecadar dinheiro para pacientes neurológicos que não podem arcar com os custos da cirurgia. Desde o início do evento, em 1993, os corredores já foram capazes de ajudar cerca de mil cento e cinquenta casos. Também são concedidos prêmios em dinheiro aos vencedores das corridas. A maratona é dividida em cinco categorias, cada uma adequada a um tipo específico de corredor.

1. Great Wall Marathon

Great Wall Marathon

A Great Wall Marathon tem início com uma corrida de nove quilômetros, que leva todos os corredores para a Grande Muralha da China. A corrida já vem sendo realizada há quase uma década. Diz-se que durante determinada parte da prova, cada corredor tem que subir cerca de cinco mil degraus. A corrida também leva os participantes em meio a campos de arroz e aldeias locais. Os desafios durante esta etapa da corrida não são tão difíceis, e os corredores percorrem o trajeto por estradas de cascalho e asfalto, tornando as condições de competição bem mais confortáveis. A corrida mais recente foi realizada em 15 de maio de 2010, com cerca de mil e oitocentos participantes. Os vencedores foram Qiang Tong da China, que terminou a prova em 3h 24min 44s e Inez-Anne Haagen da Holanda em 3h 56min 38s.

This list provided by TopTenz.net

Adaptação / Tradução autorizada por TopTenz.net




Não há comentários

Adicione o seu