Crianças Índigo

Crianças índigo

Nossas crianças índigo estão muito presente nos nossos dias, nem sempre temos o conhecimento para saber como tratar e conviver com elas. É preciso saber o que é uma criança índigo, por isso vamos conversar um pouco sobre esse assunto que é fascinante e é muito importante para pais, professores. Na realidade é importante para o mundo. 

As crianças índigo são seres evoluídos, com inteligência emocional e intelectual muito aguçada, são seres feitos de amor, são “velhos sábios” que estão reencarnando. A missão deles é transformar esse mundo que vivemos em um mundo melhor. O amor é fundamental em suas vidas, sentimento contrário ao amor podem não ser bem entendidos por essas crianças que não estão preparadas para a contrariedade, a adversidade, a maldade, a competitividade, a desonestidade e a todos aqueles sentimentos que ainda move o mundo materialista e consumista que vivemos.

Jamais tente ser desonesto ou esconder um fato desses pequenos, eles não aceitam atitudes desonestas e/ou mentiras, são seres verdadeiros que vivem somente com a verdade. Crianças índigo são muito inteligentes, amorosas, ativas e muitas vezes são confundidas com hiperativas levando ao tratamento com “drogas”, no caso medicamentos. São crianças sonhadoras e inovadoras, não se contentam com o convencional, quando são retraídas pelos ideais do mundo de hoje chegam a ficar depressivas, podendo inclusive a virem desenvolver doenças.

O limite para desenvolver ideias, sonhos e projetos não existe, até porque tudo o que eles desenvolvem é para o bem da humanidade e seu universo é ilimitado. Nem sempre os pais e os seres humanos em geral tem paciência e/ou compreensão com essas crianças de luz. Pra eles não existe o óbvio, tudo tem uma explicação, para tudo existe um motivo, até mesmo quando os pais precisam repreender por algo errado é necessário explicar o que foi feito errado de maneira tranquila e com amor, sem agressividade.

A energia dessas crianças precisa ser usada para o bem. Muitas delas são consideradas paranormais, com energias sobrenaturais pelo fato de verem e/ou pressentirem acontecimentos que ainda estão para acontecer, sentir à presença de espíritos de luz, ver espíritos de pessoas que já partiram. São crianças sensíveis e de energia pura. Professores não estão preparados, muitas vezes eles acreditam que essas crianças são revoltadas, que estão com problemas psicológicos, isso gera um resultado negativo, com o tempo a criança pode se tornar um jovem depressivo ou até mesmo um usuário de drogas, e esse resultado nada mais é que o uso da sua energia para algo ruim, prejudicando a si próprio e a outros que estão a sua volta.

Compartilhar faz parte da vida dessas crianças maravilhosas, muitas vezes o isolamento é o resultado da falta de compreensão. É necessário entender que essas crianças índigo são seres sábios que estão aqui para nos prestar um socorro, para ajudar a todos e ao mundo, tentar fazer com que as pessoas vivam com mais amor.

Essas crianças estão presentes em nossas vidas e estão chegando para mudar esse milênio, precisamos estar dispostos a mudar certos paradigmas, são seres muito mais evoluídos que escolheram vir a esse mundo para ajudar, ensinar o amor, a compreensão, a caridade, a honestidades e todos aqueles sentimentos que ficaram perdidos em algum lugar ou em algum momento de nossas vidas.

Mudar é preciso, o mundo precisa urgentemente desta mudança. Pessoas com funções importantes e que influenciam diretamente em nossas vidas podem ser essas crianças de luz. Médicos, cientistas que descobrem a cura para as doenças…, precisamos entender a mente dessas crianças que estão aqui para nos ajudar e não para atrapalhar, temos muito a aprender com estes seres iluminados.

Quero ressaltar que há tempos essas crianças índigo estão chegando aqui na terra para fazer a diferença, infelizmente muitas delas não resistem à adversidade em que vivemos e não conseguem cumprir sua missão, que é a de tentar fazer com que um sonho comum entre milhões de pessoas um dia se torne realidade, viver em um mundo melhor.




Não há comentários

Adicione o seu