“Quase todos os FPS perdem dinheiro”

“Quase todos os FPS perdem dinheiro”

[social_share/]

“Quase todos os FPS perdem dinheiro”

Será que o jogo voltará a ter o sucesso dos anteriores?

O fundador do já extinto estúdio Free Radical, Steve Ellis, acredita que sim, pois acha que “quase todos os FPS perdem dinheiro”. E a “culpa”? O sucesso da série Call of duty.

Em declarações à revista Edge, Steve Ellis, comentou que os jogadores só querem saber de Call of Duty no que diz respeito a FPS, mas também coloca Battlefield como os únicos rentáveis.

“Ninguém compra um FPS se não se chamar Call of Duty. Penso que o Battlefield esteja bem, mas à parte disso, quase todos os FPS perdem dinheiro. Quero dizer, olhem para o Crysis 2: grande jogo, mas não existe maneira, em qualquer lugar, de recuperar o dinheiro gasto na produção”, afirma Steve Ellis.

O estúdio Free Radical está agora nas mãos da Crytek, chamado-se agora de Crytek UK, e foram os responsáveis pela série, também FPS, Timesplitters.

O muito esperado Timesplitters 4, conforme sugere Steve Ellis, poderá nunca acontecer devido a este problema, por ser um elevado risco de não funcionar financeiramente.

Steve Ellis comentou, “Andei durante o ano de 2008 pelas editoras para podermos obter um acordo sobre Timesplitters 4. Simplesmente não houve interesse em fazer algo que tentava ir por outro caminho no gênero – ninguém quer fazer algo peculiar e diferente, porque é um enorme risco. E uma grande parte é o custo de o fazer.”

Steve Ellis formou agora outro estúdio, o Crash Lab, e está a produzir jogos para os sistemas iOS.

Via Eurogamer

[social_share/]

 




Não há comentários

Adicione o seu