Para a Square Enix, esta geração de consoles está longa demais

Para a Square Enix, esta geração de consoles está longa demais

[social_share/]

Para a Square Enix, esta geração de consoles está longa demais

Os benefícios da longevidade de uma geração de consoles depende sempre do ponto de vista. Para a grande maioria dos jogadores, quanto maior melhor, pois não terão que gastar dinheiro com novos consoles tão cedo. Para os produtores, este ponto de vista é bem diferente.

Nesta geração de consoles, tanto a Sony como a Microsoft já deixaram bem claro que o ciclo de vida do PlayStation e do Xbox 360 é de dez anos, o que para o diretor de tecnologia da Square Enix, Julien Merceron, é um erro.

“Esta geração está sendo muito longa, e digo isto porque tem muitos produtores que já trabalham pensando numa nova plataforma, e talvez não obtenham sucesso, por isso vão esperar pela próxima geração. Nesta geração não se pode mais fazer isso,” disse Merceron ao Games Industry.

“Estes produtores foram para outros lados para ver se a grama era mais verde. Eles encontraram os navegadores de Internet, o iOS, encontraram outras coisas, e muitos deles não regressarão às plataformas hardware.”

Na perspectiva do diretor de tecnologia da Square Enix, a Sony e a Microsoft ajudaram outras plataformas a emergir e a se fortalecerem com a duração desta geração de consoles. A sugestão de Julien Merceron para o futuro, é que as companhias apostem em arquiteturas simples para que haja uma oportunidade para todos os produtores.

“Se começares a elevar muito o nível, mais estúdios vão morrer, mais editoras vão morrer, haverá menos títulos nas plataformas, etc. Se for mais acessível, darás mais oportunidades às pessoas, e terão um melhor portfólio de lançamentos”

[social_share/]




Não há comentários

Adicione o seu